English - Español - Française

segunda-feira, 19 de abril de 2010

O Hino da Coruja

Esse é o hino da Coruja
A Coruja deveras rouca
Coruja, por que és assim tão linda?
Por que tens bico em vez de boca?

Coruja quando fores à Colômbia
Fazer uma visita ao Valderrama
Cuidado! Fique fria, não se engane
Coruja, é na Bolívia que tem lhama


Coruja, tu não és columbiforme
Tu és tão saidinha, metidinha
Pegue aqui esse copinho e beba logo
Fui eu que fiz de menta, a batidinha

Coruja, para quem será que rezas
quando fazes aquela oração?
Dedica-te para São Francisco
ou será que é pra São João?

Coruja, estás feita a sua mudança
Mudou-se de casa pra mansão
Já transferistes o seu título?
2010 é ano de eleição...

Coruja, por que és assim quietinha?
parece-me assaz abobalhada
Por favor, me esclareça, corujinha
Como és quedar-se empalhada?

3 comentários:

ღ Elci disse...

coruja lindinha essa :D

Rui Morel Carneiro disse...

Gostei do poema. Quem é o autor?

Finito Carneiro disse...

Nota da redação: O poema é de autoria deste que vos fala. Digo, vos escreve.