English - Español - Française

quinta-feira, 29 de abril de 2010

O dia em que escrevemos uma carta à Disney

Bem, na verdade, a carta foi endereçada à editora Abril.

Era meados de 1992. Eu e meu amigo drugue Ariel, no auge dos nossos 10 anos de idade, éramos fãs incondicionais dos gibis da Disney, mais precisamente, do Zé Carioca.
Eu comprava todo mês na banca, e ele, como assinante, as recebia no conforto do lar.

Certa feita, após uma estafante discussão acerca dos mistérios do maravilhoso mundo Disney, resolvemos sacar um papel e um lápis e escrever todas as dúvidas que nos afligiam. Começamos a ladainha.

OBS pertinente: éramos tão bocós que escrevemos a carta a lápis.

Tínhamos várias questões envolvendo certos personagens que deveriam ser resolvidas urgentemente para que nossas vidas não caíssem em um eterno marasmo. Não me lembro de todas, mas algumas eram:

1) Por que o Pateta fala e o Pluto não, se ambos são cachorros?
2) Quem é o irmão (ou irmã) do Pato Donald que deixou três sobrinhos para ele cuidar?
3) Por que a Rosinha, que é um pássaro, aparenta ter seios e a Minnie, que é um mamífero, não?

Não me lembro das outras, mas sei que eram umas 10 perguntas.
Bem, esperamos por dias, semanas, meses e anos. E nada de resposta!
Vai ver os caras da editora Abril estão batendo a cabeça até hoje para respondê-las.

Dias atrás, navegando por aí, acabei encontrando a árvore genealógica de Pato Donald, então, consegui sanar a dúvida número 2. Iupi!

Clique para ampliar

E agora, sabendo que o pessoal da editora Abril é o mesmo que edita a revista Veja (e seu jornalismo moleque), então é melhor eu nem esperar mais por alguma resposta...

Nenhum comentário: