English - Español - Française

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

O homem, o livro e a surpresa

Rodolpo era um garoto legal, que tinha 19 anos de idade.
Rodolpo, que gostava de escrever histórias, escreveu uma.
Mas antes, perguntou a seus pais se eles gostaram do título que ele deu para a história. Eles acharam legal, mas ficaram curiosos em saber do que se tratava a surpresa que o título falava.
Então, Rodolpo, que era bem legal, escreveu a história:

***

O HOMEM, O LIVRO E A SURPRESA:
Por Rodolpo

Zé Cabresto era um velho legal, que tinha 96 anos de idade, e não sabia o que fazer com o livro que o homem tinha dado para ele. Então, Zé Cabresto se levantou, foi até a janela e chamou pelo homem. O homem veio, Zé Cabresto agradeceu o livro e morreu.

***

Rodolpo mostrou a sua história para todos os seus amigos magrelos. Todos adoraram.
Mostrou a história para a sua namorada barriguda, que também adorou.

Rodolpo, então, escreveu um livro com essa história, e o livro fez sucesso.
Rodolpo ficou famoso, apareceu até no Jô Soares.
Rodolpo era um garoto genial e legal.

Um dia desses, Rodolpo chegou para seus pais e disse:
- Pai, mãe. Escrevi um livro. Agora só falta eu plantar uma árvore.
- Não. - corrigiu o pai. - Falta plantar uma árvore e ter um filho.

Nesse momento, todos olharam para a namorada barriguda. Era essa a surpresa.

Um comentário:

Michele Matos disse...

Será que ele morrerá sem plantar uma árvore?