English - Español - Française

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Pra não dizer que não falei dos pais

Ontem foi o Dia dos Pais.

Um dia tão temido pelos jovens do sexo masculino que vivem com os hormônios em ebulição.
Ontem passei o dia com o celular desligado. Não queria receber notícias dessa estirpe, algo como "Parabéns, papai!"... não, não. Sei que, o dia em que meu rebento vir ao mundo, vou chorar mais que alguém que chora bastante. Mas por enquanto não.

Foi o primeiro Dia dos Pais que passei longe do meu.
Tá certo que ultimamente tenho me aproximado bastante do meu avô, que é considerado pai duas vezes. Mas pai é pai, né!

E eu posso dizer que meu pai é minha enciclopédia.

Quando se está há mais de um mês longe de casa, parece que todas as emoções estão prontas para saltar para fora. Se eu assisto aquelas comédias bestas, tipo American Pie, rolo no chão de tanto rir. Esses dias assisti aquele musical baseado na obra dos Beatles "Across the Universe". Não pude segurar as lágrimas em dois momentos: quando a japinha começou a cantar "I Wanna Hold your Hand", e quando o piá começou com "Let It Be", encostado naquele carro em chamas.

Mas o momendo derradeiro foi ontem à noite, quando liguei para o meu pai.
Foi a primeira vez que falei "Eu te amo!"

5 comentários:

Tiozaum disse...

Que coisa mais meiga...
e que grande viadagem
:P

brincadeira finito :P
Parabéns pelo Post, muito bom!

Grande abraço amigão :D

Michele Matos disse...

Aaaaa...que lindo...
As pessoas banalizaram o "pai, eu te amo"...é melhor guardar pras ocasiões especiais mesmo..
=)

Dri de Salto Alto disse...

:)

pai é pai...
bom ver que voltou a postar!

Tatiana disse...

Nossa, Finito, eu nunca tinha prestado atenção nesse teu lado sensível. Hehe
Engraçado, até falei pra Maristela. No Dia dos Pais foi a primeira vez que disse para o meu também. Mas foi justo na hora em que ele foi desligar, então ele não ouviu. Haha
Bjo

Taiyo disse...

'Parents', sao 'parents'. Os meus estao do outro lado do oceano...
Domingo passado acordei em mil lágrimas,só levantei da cama porque queria escutar a voz deles e dizer que os amava...