English - Español - Française

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Cuba... Ou 1984?

Meus pais voltaram de Cuba ontem, trazendo consigo presentes e histórias.
Não! Se engana quem acha que eu ganhei uma caixa de charutos. Ganhei uma coisa que nunca achei que eu usaria, mas que, quando coloquei, achei sensacional!

Ganhei um chapéu Panamá! ahuahauauahuahua! Muito massa!
Bem, o chapéu eles compraram durante uma escala na Cidade do Panamá, que disseram parecer com Las Vegas. Que coisa, não? Quando eu imaginaria que uma cidade da América Central se pareceria com Las Vegas?
Minha mãe até apostou suas fichas num cassino...

Mas, voltando para La Havana. Entre as mil histórias que contaram ontem, uma me chamou a atenção.
É certo que eles fizeram aquele já tradicional pacote para turistas, onde só vão conhecer as praias do Caribe e aquelas coisas lindas de se ver. Mas sabe como é brasileiro, né?!
Meus pais deram um jeito de escapulir e saíram caminhar pelas ruas de Havana. E conversaram com tipos de todo o jeito. Meu pai me contou, com lágrimas nos olhos, que entrou no "La Bodeguita", um boteco onde frequentaram pessoas como Ernest Heminghway, Gabriel García Marquez, Pablo Neruda entre outros. E foi nesse boteco que Fidel, Ernesto, Raúl e sua trupe arquitetaram a revolução (!)

Eu quase chorei quando o vi contando daquele jeito, parecia uma criança contando sobre sua viagem à Disney.
Mas ainda não é a história que eu quero contar aqui.
Dentro de "La Bodeguita", meu pai fez uma breve amizade com um morador local, feliz, com todos os dentes na boca, culto e literato. Esse tal cubanito apontou para o Hospital de Havana (que é o melhor hospital do mundo), e disse para meu pai:

"Foi aqui que o Maradona veio fazer uma operação nos olhos!" (já traduzido do espanhol)

Putz! É isso o que eles acreditam. Nem imaginam o que o craque argentino realmente foi fazer lá. Ao ouvir essa história, me lembrei rapidamente do clássico 1984, de George Orwell, em que as informações são todas inventadas/melhoradas para que ninguém possa perceber a realidade.

Já pensou? Todo mundo na frente do hospital querendo ver um craque argentino sair, e, de repente, sai um gordo horripilante...


Solo estoy acá porque cayó un poco de pó blanco en mis ojos...

Nenhum comentário: